Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRO VERINHA, DEPOIS MEU TIO

Meu nome é Marina e eu tenho 19 anos. Moro em Blumenau, SC há seis anos.

Meu pai faleceu e minha mae casou-se novamente e foi por esta razao que eu vim parar aqui. Fiquei muito revoltada com a morte do meu pai e logo depois com o casamento da minha mae. Decidi morar com meu tio (irmao do meu pai).

Quando eu cheguei aqui, eu tinha 19 anos.

Tio Jorge sempre foi um homem calmo e de poucas palavras, e eu sou o contrario mas apesar disso, nunca tivemos problemas com as nossas diferenças. Nos tornamos amigos e confidentes.

Quando aconteceu a minha primeira menstruaçao, eu senti muito medo, nao entendia nada e ele estava lá, me ajudando, me explicando e cuidando de mim.

Verinha era a minha melhor amiga do colégio. Eramos inseparaveis. Estavamos com 19 e 19 anos. A fase era de muitas descobertas e nossos hormonios estavam a mil!!! As vezes Verinha dormia lá em casa, e quando isso acontecia, inventavamos todas as brincadeiras do mundo, era sempre muito divertido. Até que um dia, inventamos de nos depilar com cera quente... e foi ai onde tudo começou.

Olhávamos as revistas da play boy do meu tio e ficavamos admiradas com as xaninhas depiladas das mulheres que pousavam nua. E tudo o que queríamos era ficar parecidas com elas. Numa dessas noites, Verinha inventou de me depilar. Eu deitei na minha cama, tirei minha calcinha enquanto ela passava a cera por toda a minha xaninha. Aquilo doeu muito... mas ainda assim, tudo era divertido.

Depois que ela me depilou todinha ela ficou, entre as minhas pernas, olhando fixamente pra minha xaninha e depois pediu pra eu fechar os olhos. Ela começou a me lamber todinha... Nossa! Eu nao entendia o que acontecia com meu corpo mas tudo o que eu queria era que ela continuasse. Ela me chupava como quem chupava uma manga! E enquanto ela me chupava eu a vontade de fazer o mesmo era incontrolavel, até que pedi para experimentar também. Eu sei que passamos a madrugada toda trocando gemidos enquanto nos chupavamos, foi algo incontrolavel. Gozamos varias vezes, mas nao entendiamos nada sobre o fenomeno. Ao amanhecer, ocorreu tudo como se nada tivesse acontecido e Verinha foi pra casa. Tio Jorge ja estava sentado, me esperando pra tomar café, como de hábito.

Ao terminar, me despedi dele e fui tomar meu banho. Pensei que tio Jorge ja havia saído pra trabalhar, pois aquele era o seu horário, mas quando saí do banho, ele ainda estava de pijama, sentado no sofá, lendo o jornal. Passei direto pro meu quarto, e tudo o que eu queria era voltar a dormir. Não estava aguentando de tanto sono... A noite mal dormida me impossibilitou de ir à escola.

Estava deitada, quase em alfa, quando tio Jorge entrou no quarto e sentou-se na pontinha da minha cama. Ele ficou passando as maos nos meus cabelos e nas minhas costas... fui adormecendo...

Tio Jorge, deitou-se ao meu lado e disse bem baixinho:

-deixa eu fazer o que a Verinha fez em vc ontem? Vai ser gostoso também...

Nossa! Eu fiquei sem reaçao... mas ele falou tao gostoso que nao consegui disfarçar a minha excitaçao.

Ele começou a passar as maos nas minhas pernas, até que me virei de frente... Ele ficou olhando p meu corpo e admirando as minhas curvas... pediu para olhar meus seios e eu levantei minha camisa... Ele apertou firmemente os meus seios (ainda pequenos) com suas maos... Hum! Aquilo foi um misto de dor e tesao! Depois ele tirou minha calcinha e disse que a depilaçao estava perfeita... passava o nariz na minha xaninha e a sua respiraçao quente ja me deixava toda molhada... Ele ficou sentado no chao enquanto abria minhas pernas e me lambia... vorazmente... meu tio me chupava agressivamente... e mais uma vez o prazer se confunfia com a dor e com o medo. Enquanto chupava minha bucetinha, ele enfiava um dedo no meu cuzinho... e, instintivamente eu rebolava na sua cara. Ele pedia pra eu parar de gemer senao ía fazer uma loucura... mas eu nao conseguia...

Quando ele levantou a calça do seu pijama parecia que ía rasgar, porque o pau dele estava monstruoso!

Ele ficou em pé e me puxou pelos cabelos da mesma forma agressiva que me chupava... botou o pau pra fora e pediu pra eu fazer chupar com a mesma vontade que eu chupei a Verinha. Enquanto ele enfiava o pau dele na minha boca, ele me dizia que adorou a brincadeirinha que eu e Verinha fizemos na noite passada, que acordou com nossos gemidinhos e resolveu nos bisbilhotar pela brechinha da porta... disse que ía me ensinar a brincar direitinho e da proxima vez ele queria me ver depilando Verinha...

Meu tio foi ficando louco enquanto eu mamava o pau dele... e de repente, ele me deitou na cama e abriu minhas pernas e perguntou se eu queria sentir o pau dele dentro de mim. Eu nem tive tempo de responder e ele me virou de costas, me colocou de quatro, puxou meus cabelos e começou a meter no meu cuzinho! Eu não entendi porque pensava que ele fosse meter na minha xaninha, mas a essa altura, eu estava tao louca que eu so queria senti-lo dentro de mim.

Meu tio gozou no meu cuzinho e ficou abraçado comigo na cama. Ficamos em silencio durante longos minutos...

Esse foi apenas o começo de 4 anos de muitas brincadeirinhas com Verinha e tio Jorge.

Quem sabe um dia, eu consiga contar parte delas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico fui pozar na casa da minha irma casada e comi seu cuzinhocontos eróticos em público encoxando cunhado conto gay fodi o namorado da minha irmacolo do velho. contocache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 fudedo cadela labardor no ciu homeA chapeleta arronbou minha bucetinha contosminha esposa com negao contoscontos zoofilia gaycontos eroticos afilhadamulher que efia coisa é quesito na busetafoda no cu da casada ela pediu contoscontos eroticos lesbico casadas e travestinovinha desmaiando na vara grande de dor pelo tamanhocontos bdsm gosto de levar chutes na bucetavisinhalesbicacontos eroticos pedreiro estuprando o ajudantecontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhobrechei minha cunha relatosesposa cheia de porra casa dos contoswww zoo porno filha brecado paiconto erotico gay virei putinha do coroa do cinemacontos eróticos gay putinha do papaiContos sexo à força irmãoadoro dar para o nosso cachorro contos eróticoscontocategoriacontos de dotadosNo cuzinho desde pequenaContos eróticos sogra Lúcia coroaprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiaComtoerotico vendo a calcinha da pequeninacontos eroticos gay lutas entre primoscontos vizinha loira meninaconto contando ao cornocontó gratis o roceiro chupou minha bucetawww foto dexoxota areganhada. com brpornodoido filho transando escondido e seus pais viramcontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca granderelatos porno incesto lasquei o cuzinho da sobrinha moreninhagarotinha contos eróticoscontos eroticos o namorado da minha filha mim bolinoContos arrombei minha tia idosao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosProvoquei e foi arrombada porno conto conto pai por favor mim enxugacontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contosconto erotico a novinhacomtos eroticos biquinecontos eróticos puta testemunha de jeovámae desfilando de calcinha fio dentalContos-fiz minha esposa chupar minha sograconto erótico de mãe transformando filho em mocinhadepois da briga e mais gostoso contos eroticosconto titia e eu no banhocontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorroxantagiei e comi minha irma xvideosContos eróticos manaconto eroticos.chupCONTOS EROTICOS DE CASADAS ABUSADAS DA CHANTAGEMcontos eroticos sogro chantageia novinha namorada do filhocontos erotico uma buceta velharelatos eroticos esposa engatadacontos eróticos fode ai rebola vadia isso abre isso aí que pau grandesexo gay titio okinawa ufa contoscontos dois amigos aloprado fuderan u cu da minha mulherMal casadas boas a levar no cúcunhadinha novinha perdendo a vigidade para o cunhadoconto erotico praia em familiaContos eroticos enteadascontos eroticos comendo a coroa crente bem o'seu cuzinhocomi veterin¨¢ria contos eroticosMe comeucontos de cú de irmâ gordaconto eróticos c novinhacontos.encochando.uma.negra.bundudacontos de sexo entre conhados gayjovenzinha first porndesejos eroticos homo, contoscontos erroticos de incestos filha amante do paiContos erotico cuzinho d m cunhadinha conto tia e prima no meu banheirocontos eroticos adoro esmagar minhas bolasamiguinha da minha filha me chupoucontos deixa tioDona florinda abrido cu e a chiquinhaesposa santa virou puta contoscontospaicornocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocomi minha priminha loirinha da bundinhadeliciosaveio ate meu quarto pelada e me agsrrouquero tua jeba rasgando meu cufilho delicia contoconto erotico surpresa na siricacontos eroticos submissa chantagem casadascontos eróticos com enteadaconto gay comi meu pai no carnavalcontos eronticos a vizinha bapeu uma pueta para um garotocontos eroticos menagecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos encostando a buceta no ombro