Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DIVIDINDO A NAMORADA II

Continuando o conto anterior...

Depois daquela noite de putaria com minha namorada, transamos mais algumas vezes assim eu e o Ricardo comendo a Marcela ao mesmo tempo.

Parecia que Marcela estava gostando mesmo de dar pra dois caras. Por vários dias a gente esperava o pessoal subir e ir embora e transavamos

lá embaixo no salão de festas ou na minha casa quando meus pais não estavam. A putaria rolava solta mesmo, a gente ficava com os paus de fora

esfregando na cara da Marcela e ela chupando os dois ao mesmo tempo. Teve uma vez que ela viu um filme pornô que a mulher fazia dupla penetração.

A curiosidade dela foi ao auge com isso. Pediu para nás dois fazermos isso com ela. O tesão subiu na cabeça de todos nás e realizamos o desejo

da minha namoradinha gostosa. O Ricardo ficou embaixo com a Marcela sentando no pau dele e eu fiquei por trás enfiando no cú dela. Ficamos assim

transando loucamente por uns 2 mêses. Até que depois a coisa entre eu e a Marcela foi esfriando. às vezes de tarde como ela sempre costumava fazer, passar

lá em casa ou eu na casa dela. Eu queria ficar dando uns amassos ou até fazer umas brincadeirinhas com ela. E ela começou a não querer mais. Eu queria

transar com ela sozinho também. Tudo bem que tava rolando um puta tesão de comer ela a dois, mas eu não queria toda hora assim. Mas ultimamente sá rolava sexo

quando estava o Ricardo e nem era direto mais. E por vários dias nás começamos a nos encontrar sá no final da tarde. Foi quando um dia eu comecei a desconfiar de algo.

Encostei ela na parede e perguntei que que tava rolando que ela tinha mudado seus hábitos. Aí ela abriu o jogo, que mais cedo antes de me encontrar ela estava indo na casa

do Ricardo e ficava transando com ele a tarde toda. Por isso que ela na hora de me encontrar não estava mais com tesão nenhum. Na verdade no final da tarde

ela estava cansada de tanto transar. Daquele momento em diante eu não fiquei mais com Marcela. E ela acabou ficando com o Ricardo. Os dias foram passando e depois

de um tempo comecei a ficar com outra garota. A Roberta 19 anos, lorinha, seios grandes bem bonitos, coxas grossas e uma bunda bem redondinha. Que delícia.

E uma carinha de safada. Sempre andava de vestidinhos decotados ou blusinhas decotadas para dar uma valorizada nos seios fartos. Que ela sabia que chamavam atenção.

Essa eu sá encontrava de sexta e finais de semana. Não era do prédio. Mas os esquemas de sexo rolava direto na casa dela que estava sempre

vazia nos finais de semana. E de sexta-feira a gente esperava os pais dela irem dormir e ficávamos fazendo sacanagem na sala. E como Roberta era safada, metia de todos os

jeitos. Gostava que eu chamava ela de putinha safada, piranha, etc. Adorava fazer uma espanhola pra mim naqueles peitões e eu acabar gozando no seu

rosto. Essa era fogo, parecia sempre necessitada querendo dar a buceta. Louca por sexo. Certa noite íamos para uma balada com a turma do prédio. Roberta se arrumou

ficou linda e extremamente gostosa com um vestido preto colcado no corpo e um decote bem considerável nos seios. Dava para ver bem o volume gostoso daqueles peitões.

Fora as pernas deliciosas à mostra. Subimos para meu apartamento eu, Roberta e Paulo. Que como eu ia tomar banho e me trocar ainda Paulo subiu para fazer companhia

para Roberta enquanto me esperava me arrumar. Deixei os dois na sala conversando enquanto ia escolher minha roupa e tomar banho. Fiquei no meu quarto escolhendo a roupa

por mais ou menos uns 19 minutos estava meio indeciso no que escolher. O apartamento dos meu pais era grande meu quarto ficava bem afastado da sala e nem dava para

escutar nada que acontecia na sala e vice-versa. Mas sei lá de repente resolvi ir até a sala antes de ir tomar banho, quando de repente chegando perto da sala em vez

de ouvir pessoas conversando ouvi uns sussurros. Parei bem escondido na fresta do corredor que dava para sala e bem de mancinho me posicionei para que ninguém me visse.

Aí vi uma cena que me espantou. Paulo estava de joelhos no meio das pernas de Roberta de frente para ela que estava sentada no sofá já com as alças do vestido abaixadas.

E Paulo chupando seus peitões deliciosos. Roberta gemia baixinho. Logo depois Paulo tirou a calcinha de Roberta colocou-a de joelhos no sofá e começou a chupar sua buceta.

Chupava com vontade, mordia sua bunda. Roberta fazia movimentos de vai e vem com a buceta na boca de Paulo. Ela gemia gostoso com Paulo chupando sua buceta.

Continuei olhando para ver até onde ia aquela sacanagem toda. Roberta cada vez se excitava mais e mais com aquilo e eu vendo comecei a ficar de pau duro e melado.

Aquela situação de ver a minha loirinha gostosa dando a buceta estava me deixando louco de tesão. Paulo logo tirou seu pau para fora e deu para Roberta chupar.

Ela atendeu seu pedido rapidamente. Seu pau já estava duro, Roberta abocanhava com vontade, chupava o pau de Paulo da cabeça até o saco. Ficava lambendo que nem picolé,

depois engolia, punhetava chupando o saco dele. E Paulo ficava chamando ela de safada e falando para ela chupar gostoso. Ela olhava para cara dele com cara de puta.

E continuava chupando, falando que o pau dele era duro e gostoso e esfregava o pau dele nos peitões. Paulo mandou Roberta ficar de quatro no sofá, começou a olhar sua

bunda gostosa e começou a penetrar na sua buceta molhada. Ela gemia gostoso, e Paulo comia ela dando estocadas fortes. Eu olhava Paulo arregaçando a buceta da minha

namorada, Roberta adorando e eu escondido batendo punheta. Aí Paulo parou deitou no chão e Roberta começou a cavalgar em cima de Paulo. Ela cavalgava gostoso e Paulo

ficava segurando seus peitões, de vez enquando ela abaixava para ele chupar. E nesse momento que ela abaixava eu ouvia ela dizendo para ele que queria a porra dele

na sua boca. Paulo ficava cada vez mais excitado com isso. Ela parou de cavalgar e ele colocou ela deitada de pernas abertas e começou a bombar na buceta de la novamente.

ele segurava seus tornozelos com força. Depois colocou as pernas dela nos ombros e começou um frango assado bem gostoso. Roberta gozava que nem uma louca.

Até que Paulo tirou seu pau pra fora e direcinou para boca de Roberta que já estava aberta para receber um pinto. Começou a punhetar com a cabeça do pau bem perto da boca

dela. Punhetou, punhetou e ela pedindo porra. Até que Paulo explodiu vários jatos de porra tudo na boca dela. Escorria porra pelo canto da boca de Roberta e pingava

nos seus seios. Nossa que cena extremamente excitante aquilo. e Roberta vendo o tesão de Paulo pega seu pau ainda duro que acabou de gozar e dá umas chupadas ainda.

O cara quase desmaiava de tanto tesão. Aí vi que eles tinham terminado e entrei pro banheiro. Tomei banho, toquei uma punheta até gozar, me troquei e fingi que nada

tinha acontecido. Mas minha vontade era de participar daquela sacanagem toda. Quando cheguei na sala eles estavam sentados no sofá na maior cara de pau e normalidade.

Fomos para balada, nos beijamos muito na noite e lágico na volta dormi na casa da Roberta e o sexo rolou solto. Estav super excitado depois da cena que tinha visto.

Nessa noite comi Roberta com mais vontade do que antes, sabendo que ela era uma verdadeira putinha safada o sexo rolou com um tesão indescritível.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto Travesti comeu o amigoConto dei o cu no cine repúblicaArrombaram minha namoradacontos eroticos nifeta d loja rjconto erótico esposa famíliacontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos eroticos de vovofoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferrocontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacontos eroticos arrombando a gordaconto obriguei minha esposa a da o cuzinho na boatesogra puta dizendo que é dona da minha picaesposa fode com doze homenscontos eroticos meu irmão cavvaloconto dado para minha familia a xoxotameu a chapeleta do vovô contos eróticosmeti na minha tia de 40anos contoMijei de tesão no meu filho e sou crenteloira casada e o salva vidas taradocontos minha mulata foi arronbada e curradacontos eroticos de calcinhacontos de sogro comendo nora 2018contos eroticos meu amigo comeu minha mae e minha namorada"ficou aberto" gay contoconto de casada fudendo com outrocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosenfiando as havaianas na boca contos eroticosconto peguei a coroa dona do cormecioputinha desde novinha sacaneadameu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticosvoyeur de esposa conto eroticoCasada da safadinha contoscontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhasou amante do meu sobrinho contosconto e relato comendo o c****** da cunhadaconto erotico paraliticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erótico enteadas sendo encachadasvideos porno pai afunda as tanga da filha virgemo cuzinho da filhinha da minha namorada contos eroticoszoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguacriola no cuinho nao e nao guentochupei a buceta da minha filha virgem contochute no saco contos pornofudedo a bucetuda degetoEstouraram meu cuzinho na viagem contosme mamaram muito no cine gayminha buceta gosa de esguinxando contos eroticoscomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemmulher só de fio-dental e buchudo querendo transando com homemvvidos de muler co casoro. fudemoconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,sVelho picudo.conto eroticopeladas e toda cheia de manteigamulher do meu tio quando bebia queria fuder muito contospunhetabdo no hospitalmatrupado xvideoCu cagado contos eroticoscontos de mulheres ninfomaniaca por sexometendo a noite toda contos eroticosmamae falou pra mim q tava carentecontosou a femea da familia contos eroticosconto.de.cormocasada bruna tomamdo gozadamulheres enfiando na boco pidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay pirocao imensocontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadopega.pau.hendai.comtos.eroticoscontos eróticos sobre prima bucetudacontos eroticos gordas tomando.no cumorema gostosa na balada so esperando uma trepadacontos eroticos so comendo menininhas bem novinhascontos de coroa com novinhomulher negra goza gosma pornocontos eroticos em portugalconosco toma a porra de. macho na. bucetameu sobrinho menor conto eróticoamor seu amigo fudeu minha buceta cobtoEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DI CALCINHA FETICHE OLHONDO ESELHO MINH BUNDAcontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimconto erotico na troca de casal vi minha esposa sofrendocontos o boquete no novinho no onibusvidios e contos casal liberal esposa esposa traiu e falo para o maridoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontosConto erotico mega peito amamentandoMeu sogro arrombou meu cuzinho-Relatoscomendo minha sogra gorda e minha cunhada contosvidio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyocontos eroticos casa invadida por ladroesFui passear fui estupradoconto erotico minha irma me fez de privada humanacontos eróticos forçada a fudderconto erotico esposa chora trai maridomulher do gelou grande fudedocontos sexo mendigo