Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O AMIGO DO PAPAI.

Oi, meu nome é Sophia, sou uma loira carioca, moro na capital do RJ, hj faço faculdade de Direito. Como disse, sou loira, cabelos lisos até o meio das costas, tenho olhos azuis, coxas grossas e torneadas, bumbum arrebitado e grande como o de uma mulata, meu cuzinho e pequenino e rosado, seios de médios para grandes com biquinhos rosados e salientes, tenho 1,85m e lábios carnudos e rosados, apesar de já ter transado muito, até hoje sou toda apertadinha.Tenho esse corpo todo porque desde novinha faço academia com um personal trainner. Meu pai é um homem rodeado de amigos e desde quando eu era novinha iamos para uma casa de praia em Buzios e muitos de seus amigos frequentavam essa nossa casa de praia. Uma vez, quando eu tinha por volta dos 19 anos aconteceu isso que vou contar...
Estavamos na casa de praia e por eu estar na minha casa eu andava com roupas curtas, desfilava de biquini sempre bem pequeno, nunca gostei de roupas grandes e as vezes ficava de calcinha e sutiã em casa, meu pai tinha se separado recentemente da sua esposa e estavamos sá nás dois em casa, então ele me perguntou se eu me encomodaria de ele chamar uns amigos para passarem um final de semana conosco, eu disse que não e ele foi trabalhar. A semana passou normalmente e eu estava curtindo a casa, havia acabado de comprar um biquini bem pequeno e algumas lingeries sensuais, o sábado chegou e o sol estava com tudo, eu vesti o meu biquini novo e fui tomar um banho de piscina e tomar um sol para ficar com minha nova marquinha. Quando cheguei a piscina havia uns 3 amigos do meu pai e dois estavam acompanhados de suas esposas e um desses amigos do meu pai me chamou bastante atenção, ele era alto, bastante musculoso e com olhos verdes bem sensuais, seu sorriso era lindo e eu percebi que ele me olhava, seu nome era Bruno e ele tinha por volta dos 32 anos.
Eu fui até meu pai e comprimentei ele e seus amigos, ao falar com meu pai, empinei discretamente a bunda pro lado do Bruno, sai rapidamente de la e mergulhei na piscina, nadei um pouco e me deitei ao sol com o bumbum pra cima, fiquei bastante tempo ao sol e percebi que o Bruno não tirava os olhos do meu corpo, depois de um tempo resolvi ir tomar um banho, fui tomar banho e meu pai disse que iria com os amigos a um restaurante, mas que ele não ia chegar muito tarde, eu concordei e disse que ele nao precisava se preocupar que eu ja sabia me cuidar, logo em seguida ouvi o Bruno dizer que não iria pois estava com mal estar e então o meu pai saiu. Aproveitei a ausencia do meu pai pra provocar o Bruno, sai do banho e vesti uma das minhas calcinhas fio-dental, coloquei uma blusa "comprida" que cobria um pouquinho do meu bumbum e fiquei sem sutiã, soltei meus cabelos e fui para a sala, sabia que o Bruno logo passaria por ali, deitei no sofá com o bumbum pra cima deixando minha calcinha amostra e fingi estar dormindo. Percebi que o Bruno havia chegado a sala e empinei um pouco mais o bumbum, senti ele se aproximar e acariciar o meu bumbum, ele apertava levemente e aos poucos foi tirando minha calcinha até tira-la por completo, entao ele começou a contornar minha bunda com a lingua, abriu um pouco o meu bumbum e passou a lingua no meu cuzinho me deixando arrepiada, na época eu ainda era virgem mas ja me masturbava vendo filmes pornos, me virei lentamente ainda fingindo estar dormindo e abri um pouco as pernas, ele recuou um pouco e ao ver que eu estava dormindo ele começou a passar a lingua na minha xaninha, ele chupou bastante e depois começou a penetrar alguns dedos, aos poucos sua mão ja me fodia e eu puxei o Bruno pra cima de mim, ele se assustou mas continuou, me deu um beijo caloroso e eu senti o seu pau roçar na minha xaninha molhada. Ele tirou a minha blusa e chupava meus seios com muita vontade, deixando os biquinhos bem vermelhos e algumas marcas envolta dos mesmos, abaixou sua bermuda e começou a roçar a cabeça do seu pau na minha xaninha me deixando louca, eu ja nao aguentava aquela provocação quando disse: - Vem gostoso, me come tio.
Ele imediatamente enfiou seu pau com muita vontade e eu gemi alto, ele me fodia com vontade e eu gemia como uma puta, ele penetrava cada vez com mais força e eu gemia cada vez mais, fizemos diversas posições e quando eu estava de quatro disse: - Come meu cu tiozinho.
Ele deu uma cuspida no meu cu e começou a enfiar lentamente o seu pau no mesmo, no começo foi dificil mas depois de um tempo ele ja me comia com força, eu rebolava e gemia bastante até que gozamos juntos e fomos tomar um banho, onde eu o chupei até ele gozar novamente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos vi meu filho pelado ele tem um.pau enormefilho dotado fudendi o pai desejosecretos.comcontos eroticos de coroas sograscontos eróticos comendoContos fudendo a coroa gravida casadameu papai levantou a minha perna e penetrou sua rola quente e pulsantecontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhoscoloquei tudo no cu da jovem contotesao chefebucetao arombada de adivogada conto eroticoContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradaConto erotico no sitio casa de dois comodosmadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouPutinha do papai contoconto erótico filha da empregadabocetao largo da minha esposa contos eróticosconto gay jornaleiro safadofiz boquete dei o cu pro meu irmaoContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojacontos primeira ves da minha namorada com um cavaloConto erotico avó gorda tia gorda safadas juntasminha prima chupou meu pau virgem contosdei minha buceta e meu cu para o meu tio negao "insesto". Conto erótico hetessexual.contos eróticos mamãe pediu pra mim fazer sexo com elaconto erotico fazendo a cunhada chorarVidio porno brexa pai pua gigante no buracacontos eroticos arrombando a gordaContos currada pelo molequeEsposa linda e gostosa buntuda nuacantos eróticos d********* para o meu irmãosexo gay chatagiando o primocasada vai dar pra outro macho e leva gelcontos eróticos bem apimentado de depravadocontos eroticos arrobei o cu da casada q conhecei na netconto erótico novinho flagra sustoTransando com cunhado na carrinha e meu marido nem percebeuvirei puto do vovo conto gaycontos minha filha gemia no quarto delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedilataram minha buceta contosconto erotico gay chupando tio bebadocontos de orgia corno biconto erotico gay chupando tio bebadocomi a minha cunhada Adrianaconto eu e minha mae na surubaContos sexo com pai da amiga e engravideiContos eroticos dei pros mendingosconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorconto o pauzão do meu filhocontos eroticos de cornos inocentes3amigo chupa paus amigoscontos eroticos de travestis fudendo o tioenchemos a boceta de porracontos eroticos evangelicas estupradas submissascom doze anos bonitinha virei mulher esperta contos eroticosaquele velho levantou meu vestidinho e minha calcinha melada contobunda grandíssima conto lesbica humilhadaminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornocontos eroticos gays incestos meu irmao me apunhetava enquanto eu dormiaContos fudendo cm velho gordocontos eroticos Minha namorada me contou como perdeu a virgindade com seu ex e fiquei exitadocontoseroticos nora fio dental dRelatos eroticos de maes gostosas e safadasMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delacontos meus amigos estupraram a minha maeminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosComto erotoco gravida do meu paicu de bebado não tem dono contos eróticos gaycontocategoriaContos eroticos meti na buceta e meu amigo no rabosagangbang com o meu inimigo - conto eroticoContos eroticos cinemaesposa puta do meu tio corno contocontos prima novinha dando cuzinho de surpresamarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosnão aguento no cu contoscowmdo a filha da vizinha contos eróticoscontos comendo a tia de fio dentalcontos eroticos mae pegou no flagracontos eróticos escravo da professora