Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA X AMIGA

MINHA ESPOSA x AMIGA



Igual a maioria dos homens o desejo de ter duas mulheres na cama sempre vem a minha mente, sou muito bem casado, somos um casal de 40 anos, onde minha esposa que vou chamar de Marcela tem 1,65m 64 kg seios médios coxas grossas cabelos nos ombros, na cama sabe muito bem a hora de ser dominada e de dominar, já fantasiamos algumas vezes, mas ela sempre me diz que o tesão dela é por um cacete, e que o meu faz um belo serviço, mas também com aquela xana tinha mesmo que fazer senão...

Algumas vezes trabalho aos sábados e num desses voltando para casa por volta das 17hs, uma amiga estava em casa conversando com minha esposa, ambas com roupa de ginástica, Marcela usava um top branco que deixa seus seios mais bonitos a e estava com os mamilos arrepiados quase furando o top e uma bermudinha de laycra, nossa amiga Isabel (mais conhecida por Isa) de top rosa e bermudinha de laycra (Isa 1,60m 58 kg coxas grossas seios médios uma delicia) estranhei um pouco, a academia que frequentam aos sábados fecha às 13hs, mas quem sou eu para questionar essas mulheres.

Dei um beijo na minha mulher cumprimentei nossa amiga, disse que precisava de um banho pedi licença e fui para meu quarto para o merecido banho, ouvi as duas conversando no quarto, o que me deixou preocupado, pois estava sá com meu roupão, enquanto decidia sair ou não, ouço um inicio de leve discussão.

-Eu fico com ele se você bobear, dizia Isa

-Você não pode nem comigo, que dirá com ele, era a resposta.

Não entendia nada do que acontecia, mas o tom de voz das duas me deixou preocupado, não me importando sai e perguntei o que estava acontecendo, Marcela me disse:

-Essa baixinha se acha mais mulher que eu, e que pode provar isso ficando com você.

Aquilo me assustou no inicio, mas percebi que algo não estava certo, pois por muito menos minha esposa chegou a chutar o balde, e mesmo parecendo nervosa estava bem controlada nisso Isa resolve falar.

-Sou mesmo e provo, tirando o top deixando um lindo par de seios a mostra, ta vendo sou ou não sou melhor.

Pensei pronta agora a coisa vai ficar feia e eu aqui vou ter de me virar para segurar minha esposa, tentei falar alguma coisa, mas estava atordoada com os olhos naqueles seios, então Marcela diz:

-É coisa nenhuma olha aqui sua piranha, e arranca seu top, seus seios maravilhosos ficam a mostra, ela os segura, e se insinuando para mim que estou de boca aberta, meu pau sobre o roupão começa a ficar duro tento disfarçar, no que Marcela percebe, e continua.

-Viu, sá de ver meus seios a arma dele já esta pronta para luta

-Isso é o que eu quero ver, sabe lutar mesmo? pergunta Isa

-Sabe sim e muito bem, e você sabe? responde Marcela

-Claro que sei e ainda luto melhor se for com você, venço e provo que sou melhor, e depois vou ficar com ele na sua frente, dizia Isa

-Pois então quero ver se é mesmo melhor, Marcela estava práxima coloca a sua mão entre meu roupão tira meu pau para fora e continua, “esse pau é meu e putinha nenhuma pega nele viu”, Isa fica de olho nele que está mais duro que o normal, enquanto Marcela ensaia um punheta que faz minhas pernas tremerem.

Não acreditando nem entendendo que acontecia, disse para pararem, então Marcela me olha e diz:

-Vou mostra para essa ai o que é uma mulher de verdade e depois você vai me comer para ela saber como uma mulher satisfaz seu macho, não digo mais nada apenas fico olhando, Isa fala mais uma vez:

-Então vamos ver quem é melhor, a vencedora fica com o macho na frente da outra, eu tinha virado premio nem sabia o que sentir, mas meu pau sim mais duro e grosso e as duas não tiram os olhos dele.

Marcela tira a bermuda e fica sá com uma calcinha de renda branca que mal cobre sua linda bunda e deixa bem marcada a sua xana quase toda depilada, em seguida Isa faz o mesmo mostrando uma pequena calcinha quase toda enfiada numa bela bunda e sua xana a mostra, estavam prontas o combinado era de quem fizesse a outra gozar primeiro vencia.

Isa levanta as mãos desafiando Marcela “vem vou te fazer gozar com elas” e passando a mão na xana continua “e depois vou enfiar aquele cacete todinho aqui”, Marcela responde “vai nada, vou enfiar minha língua nessa bucetinha, e você vai gozar tanto que nem do chão você vai levantar”, mostrando a língua entre os lábios.

Elas se aproximam e rapidamente Marcela um pouco mais alta agarra os seios de Isa que treme, mas por ser mais baixa consegue colocar a mão na xana de Marcela e num desafio diz:

-Te peguei sua puta, eu disse que ia gozar na minha mão, e percorrendo a deliciosa xana da minha esposa coloca dois dedos para dentro, Marcela treme, suas pernas ficam bambas, mas sem pensar abocanha o seio de Isa que geme, sugando e mordiscando o mamilo, Isa parece empinar o seio para que Marcela possa chupar melhor, sem parar de massagear a xana de Marcela.

As pernas de ambas tremem minha esposa esta em leve desvantagem, mas continua sugando aqueles seios como sá ela sabe, Isa por sua vez esta concentrada no que faz, mas o tesão é grande, Marcela aproveita uma pequena distração e coloca sua coxa entre as da adversária para roçar sua xana, Isa solta um gemido e segura a cabeça de Marcela e a puxa para um longo beijo, nisso aproveita para puxar minha esposa para cama. Na cama as pernas das duas se entrelaçam as duas estão com as xanas coladas, uma segura o seio da outra e rolam pela cama, em alguns instantes elas se abraçavam, colando seus seios ate que Isa a desafia para por uma xana contra a outra, Marcela aceita elas se levantam tiram as calcinhas e se deitam e encaixam uma xana na outra ambas gemem de prazer e já começam um vai e vem frenético com as xanas que já estavam molhadas o som me deixa mais louco, cada uma segura a perna da adversária e tentando engolir a xana da outra, minha esposa esta com a cara de devoradora e decidida a não entregar seu macho, aos pouco Isa parece ceder a xana da minha esposa, que vai engolindo a adversária já sem forças Isa cede, Marcela percebendo sai daquela posição e vai com a boca na xana de Isa que não tem força para reagir e se deixa tomar pelo tesão, Marcela coloca as pernas de ISA sobre seus ombros e cada vez mais enfia a língua dentro da buceta, Isa geme se contorce tenta segurar Marcela pelos cabelos mas está indefesa ante minha devoradora, por fim Isa começa a gritar feito loca de tesão urra como uma cadela e por fim desfalece um gozo delicioso na boca de Marcela.

Marcela vitoriosa vai para cima da adversária engatinhando roçando seus seios sobre ela, que a cada toque estremece o que minha linda e decidida esposa não contava era a posição que tinha ficado com a sua linda bunda para cima, rápido fui ao seu encontro a segurei pelo quadril e enfiei meu cacete em sua linda buceta.

Tomada pelo susto tenta escapar a seguro com força puxo sua bunda para trás e soco mais uma vez meu pau na sua xana toda molhada, “toma sua puta é disso que você gosta, não é?” a faço arrebitar mais a bunda seus seios encostam em Isa que está embaixo ela geme e me xinga “seu puto isso não vale”, respondo que vale sim, pois ela pode ter vencido a amiga mas a mim não, continuo socando a rola na sua xana toda molhada então ela se entrega de vez pede para eu meter com vontade que queria gozar como nunca, e cada estocada de meu pau na sua xana era uma gemida, Isa aproveita e começa a sugar os seios de Marcela que urra de prazer sua xana molha todo meu pau e em mais um gozo forte ela cai sobre a ex-adversária se vira para o lado respiração ofegante e cara de feliz, eu fico ali com meu pau ainda duro, sobre Isa que esfrega sua coxa nele, então Marcela me manda meter em Isa que ela merece sentir meu cacete. Nisso Isa abra suas pernas colocando-as em minha cintura e me puxa, meu cacete parece conhecer o caminho e vai entrando na sua buceta ela me puxa todo para dentro, meu peito fica sobre seus seios, travado por suas pernas vou socando meu pau na sua xana ela geme, e me abraça arranhando minhas costas solto um gemido de prazer e dor ela gosta, e aperta mais suas pernas na minha cintura, vou estocando cada vez mais rápido e forte Isa geme e sua xana engole todo meu cacete. Ela segura minha cabeça e oferece seu seio para que possa sugá-los o que faço prontamente, mordiscando seus mamilos ela me xinga e acelera o movimento com sua buceta batendo em mim e o barulho aumenta, ela esta pronta para gozar e eu também depois de foder minha mulher e da luta assistida, não vou aguentar mas antes quero ver ela gozar pra mim, mais e mais ela pede estou no limite então ela mais uma vez urra de prazer, quase louca de tesão Isa goza ficando sem força tiro meu pau e ela treme passo meu pau a sua xana, de repente a mão de Marcela agarra meu pau e ela diz: “vem seu puto agora é minha vez” Marcela me puxa pelo pau estou indefeso ela me deita, sobe em mim e senta no cacete e o cavalga como sá ela sabe, logo diz: vai goza pra mim, cavalgando mais rápido no meu pau, eu já sem aguentar mais estremeço de tesão e quando vou gozar ela sai de cima agarra meu pau e deixa escorrer todo o liquido nos seios com cara de safada que sá ela tem



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


trasex vestida pau aparecendocontos trai com meu inquilinocontos eróticos menino pintinhoconto porno peoes no cioconto de esposa vendo seu marido na rola de outrocontos de sexo arrependidairma fazendo faxina levando rola no cuconto erotico mae safadacontoseroticos primo hetero comeu o primo gaycontos porno gay sobre conhadosmulhe dane a buseta a primeira vezpeitinho e ppipocas peludascontosbisexxvideo gay fletistaconto eróticos comi minha prima mae solteira carenteContos excitantes sou gaúchacontos eroticos de ninfetas transado com cavalocontos eroticos traindo marido na cadeiaconto de não aguentei a pica grande de meu avôEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticosconto erotico madre superiora popozudaporno gay conos erotico iaento tio e sobrinhoComendo a sobrinha safadabucetuda goza ate travarporno mulheris con a perna meia canbotaconto erótico tio e sobrinha menor dormindcontos eroticos do de mamar para o filho da namoradaFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos felipe comeu minha mulhrerconto erotico.mulher feiacontos eroticos policialver cachorro de pau e no bem groço engatando em mulherconto sexo plano cunhadalesbica humilhada contos eróticoscontos eroticos com genroContos o cu do gaysSou agora casada com meu ex primo viuvo conto eroticocontos eróticos de pai e filhaMinha filha Caçula contos eroticoscontos eroticos de cornos inocentescontos eróticos novinha bundudacontos sexo meu filho meu homem conto erotico tia rita taradaaventuras com travesti Portugal contover filme de putaria conhado comendo conhadacontos eroticos heterossexual com mototaxivistorias eroticas de zoofiliacontos eroticos menininhas bolinadascontos eroticos arrombando a gordacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticosseduzindo a minha mae e irma conto eroticosem piedade nem caridade no cu da putinhafilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmoporno contos casada comprando mandiocacontos eroticos encontrei a prima da minha mulher na academiachavegando a cunhada ate tranzar com elaFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticoscontos eroticos gays com mulatoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos:cunhadinha novinhao cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscontos eróticos no 110 ano sendo tio no banheironovos contos eroticos de tias e suas calcinhas usadasrelato erotico cheirei a calcinha gozadacontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhoconto erotico gay chupando tio bebadosó não doidão priminha gostosacontos eroticos estupro e seducaocontos eroticos gay com menininhos infanciaconto tio queria agarrar a moçacontos eroticos de pau gigante arregassando bucetaconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2contoseroticos traiu na sala esposacontos eroticos de escrava de madamecontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realvelhas gordas de 90kg nuasmeu sogro isasiavel comtocontos eróticos molecas b********